Header Ads

Conheça a biografia de Luís Laércio Gerônimo Pereira, escritor, historiador e acadêmico em Filosofia

Luís Laércio Gerônimo Pereira/Imagem arquivo pessoal
Um amante da literatura desde criança é assim que descrevemos o escritor, historiador e acadêmico em Filosofia, Luís Laércio Gerônimo Pereira. Escreve em diversos gêneros linguísticos, principalmente, crônicas, contos e poesias. Suas obras, abarcam uma enorme variação linguística e cultural e são imbuídas de realismo histórico, filosófico e teológico.

Nascido no município de  Pão de Açúcar, sertão de Alagoas, em 05 de janeiro de 1976, é escritor, historiador e acadêmico em Filosofia, pela Universidade Federal de Sergipe. É funcionário público federal, vinculado ao Ministério da Educação e Cultura, prestando serviços a Universidade federal de Sergipe, no campus de Lagarto. Participou da II Antologia Santanense, um caminho de imagens e palavras, em Santana do Ipanema-AL, com a Crônica: “ Eu e a minha máquina” e da Antologia I Encontro de escritores e leitores Piranhenses e convidados da cidade de Piranhas, também em Alagoas, com a poesia: “O sertão e seus encantos”. Em Monte Alegre de Sergipe, ficou no sexto lugar geral, com o conto: “Cuidado com a língua”. Na Revista Inversos, de Feira de Santana-BA, recebeu menção honrosa e destaque na edição digital, deste folhetim na edição de dezembro de 2018, com a poesia: “ O sertão e seus encantos”.

Em janeiro de 2019 foi selecionado pela Editora Trevo, de São Paulo, para compor a Antologia Poesia Agora, verão 2019 e foi também selecionado, pela mesma editora, na categoria Contos. Ambas as obras, serão publicadas em Março de 2019. Atualmente está concorrendo a diversos concursos literários em todo o Brasil.

Luís Laércio Gerônimo Pereira, foi selecionado no concurso internacional de poesia natureza 2018/2019, na cidade de Amadora em Portugal.

Recentemente foi convidado para fazer parte da Academia de Letras, artes e ciências, ALPAS 21, da Cidade de Cruz Alta, no Rio Grande do Sul. Em Pão de Açúcar-AL, é membro da Academia de letras de Pão de Açúcar, ocupando a cadeira de número 23, tendo como patrono, Francisco Henrique Moreno Brandão, e faz parte desde 2018 do ABC das Alagoas, onde possui uma autobiografia.

Por Assessoria

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.