Header Ads

Operação denuncia academias e falsos profissionais de Educação Física são autuados em Delmiro Gouveia, Olho d’Água das Flores, Santana do Ipanema e Senador Rui Palmeira

Onze pessoas foram autuadas em flagrante por exercício ilegal da profissão de educador físico em academias de cidades do Médio e Alto Sertão de Alagoas. 
Nove cidades foram alvos do CREF-AL (Foto: USP Imagens)
As ocorrências aconteceram entre os dias 28 a 31 de março, numa operação do Conselho Regional de Educação Física da 19ª Região, mas somente nesta terça-feira (04) foram divulgadas publicamente.

Segundo a assessoria do CREF-AL foram feitas fiscalizações em academias de musculação e ginástica e instituições públicas nas cidades de Santana do Ipanema, Dois Riachos, Olho d’Água das Flores, Senador Rui Palmeira, São José da Tapera, Monteirópolis, Pão de Açúcar, Piranhas e Delmiro Gouveia.

Em Santana, três falsos profissionais foram flagrados, sendo um deles estudante de graduação em educação física que já havia sido orientado a não atuar como profissional, e outros estudantes de ensino médio, totalmente leigos na área. Dois foram denunciados por exercício ilegal da profissão e o terceiro, que foi flagrado no povoado de Areia Branca também responderá a Boletim de Ocorrência.

Na cidade de Olho d’Água das Flores, mais dois falsos profissionais de educação física que orientavam atividades em uma academia de musculação foram denunciados. Um desses foi acusado de desacato. Num município vizinho, Senador Rui Palmeira, além do flagrante de mais um falso profissional, a fiscalização também constatou a clandestinidade da academia verificada.

Na região do Alto Sertão aconteceram autuações nas três academias da cidade de Delmiro Gouveia. Segundo a assessoria do CREF-AL nos três pontos foram identificados falsos profissionais de educação física atuando ilegalmente. No total, cinco pessoas foram denunciadas.

Como a assessoria não divulgou os nomes dos envolvidos, bem como as academias vistoriadas, a reportagem não teve possibilidade de procurar estes para se pronunciar.

Denúncias feitas nas Promotorias e Vigilâncias Sanitárias

O alto número de academias clandestinas e de falsos profissionais de educação física acendeu o sinal de alerta ao Conselho, que ao longo dos anos realiza ações de orientação na região, e esgotou os prazos para que as academias se regularizem.

Com isso, a equipe de fiscalização visitou as Vigilâncias Sanitárias nos municípios de São José da Tapera, Pão de Açúcar e Piranhas para reenviar solicitação de interdição de imediato das academias clandestinas que funcionam nestas cidades.

Além disso, os agentes de fiscalização protocolaram denúncia das academias e dos falsos profissionais nas Promotorias do Ministério Público Estadual nas cidades de São José da Tapera, Pão de Açúcar e Delmiro Gouveia.

Por Alagoas na Net

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.