Header Ads

Cachorro é amarrado em motocicleta e arrastado pelas ruas de São José da Lage/AL

Imagens Redes Sociais
Arrastar um  animal indefeso pelo asfalto da cidade causou revolta nas redes sociais,  após a divulgação das fotos do cão que ficou com as patas feridas.  O crime contra o animal indefeso aconteceu  nesta quinta-feira (15) em São José da Lage,  na Zona da Mata alagoana.

Populares informaram que um motociclista amarrou o cachorro no bagageiro da motocicleta e começou a arrastá-lo por um das ruas  asfaltada do município. Após praticar o crime,  o suspeito abandonou o animal que já estava com as patas sangrando.

Populares registraram o ato de crueldade nas redes sociais o que provocou grande revolta e  indignação. 

Como denunciar

Caso você presencie maus-tratos a animais de quaisquer espécies, sejam domésticos, domesticados, silvestres ou exóticos – como abandono, envenenamento, presos constantemente em correntes ou cordas muito curtas, manutenção em lugar anti-higiênico, mutilação, presos em espaço incompatível ao porte do animal ou em local sem iluminação e ventilação, utilização em shows que possam lhes causar lesão, pânico ou estresse, agressão física, exposição a esforço excessivo e animais debilitados (tração), rinhas, etc. –, vá à delegacia de polícia mais próxima para lavrar o Boletim de Ocorrência (BO), ou compareça à Promotoria de Justiça do Meio Ambiente.

A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988.

É possível denunciar também ao órgão público competente de seu município, para o setor que responde aos trabalhos de vigilância sanitária, zoonoses ou meio ambiente. Lembrando que cada município tem legislação diferente, portanto caso esta não contemple o tema maus tratos pode utilizar a Lei Estadual ou ainda recorrer a Lei Federal.

Mais imagens



 Por Correio de Notícia

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.