Header Ads

Vereadores de Delmiro Gouveia aprovam Projeto de Lei que liquida dívida de pequenos agricultores delmirenses com o Banco do Nordeste

Imagem Assessoria
Os vereadores delmirenses aprovaram durante a reunião desta quinta-feira (18), Projeto de Lei do Executivo que liquida a dívida de pequenos agricultores do município junto ao Banco do Nordeste. O documento, que foi aprovado em primeira e segunda votação em regime de urgência urgentíssima, prevê a autorização ao chefe do executivo de sanar o débito que foi contraído por meio da linha de crédito do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). 

De acordo com a justificativa do prefeito, o valor a ser extinto é de R$ 30 mil, beneficiando 400 famílias que terão a possibilidade de renovar os créditos junto ao banco, movimentando a economia local e, assim, possibilitando a sobrevivência. “Hoje votamos esse Projeto de Lei do Executivo em regime de urgência porque entendemos que vai trazer muitos benefícios para os pequenos produtores, além de aquecer a economia local”, afirmou o presidente Ezequiel de Carvalho Costa (Kel). 

Ainda foram aprovadas em regime de urgência, o Projeto de Lei nº 007/2018, do vereador Pedro Paulo, que institui as diretrizes para fomento e preservação das tradições históricas e culturais do município de Delmiro Gouveia; o Projeto de Lei 008/2018, da Mesa Diretora, que dispõe sobre o quadro de servidores de provimento em comissão da Câmara Municipal de Delmiro Gouveia, e o Projeto de Lei nº 010/2018, que dispõe sobre a criação do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e estabelece normas para a preservação e proteção do Patrimônio Histórico, Arquitetônico, Arqueológico e Cultural do município de Delmiro Gouveia e dá outras providências.

Durante a reunião, mais quatro indicações do vereador Pedro Paulo foram aprovadas, solicitando restauração da ponte da travessa Juscelino Kubitscheck, no Bairro Eldorado; pavimentação em paralelepípedo do Conjunto Habitacional Maria Sônia Monteiro de Oliveira, conhecido como 369 casas;  urbanização das ruas, bem como, a regularização da coleta de lixo no distrito São Sebastião , popularmente conhecido como Caixão, e solicitação do retorno da ambulância para o Assentamento Lameirão.

Na tribuna, Pedro Paulo falou sobre o pleito eleitoral do dia 7 de outubro, onde disputou como Deputado Estadual e agradeceu a votação recebida. Pedro falou ainda sobre a eleição presidencial, afirmado que o Brasil poderá voltar à ditadura, caso o candidato Bolsonaro ganhe. “É um candidato sem propostas. E só sabe o que representa a ditadura quem viveu nela. Será um grande retrocesso para nosso país, especialmente o que diz respeito aos direitos das minorias”, falou. O vereador Cacau também falou sobre  Bolsonaro e ditadura, ressaltando que as pessoas precisam conhecer a história por meio dos livros. “Devemos conhecer a ditadura por meio do que está escrito, porque quando conhecemos a história entendemos que este candidato é um aproveitador, que não tem proposta de governo”, falou.

O vereador Geraldo Xavier fez um aparte na fala do colega. “O PT perdeu para ele mesmo. Deixou seus membros na lama, indiciados, e essa lacuna deu espaço para Bolsonaro”, disse.  Ainda estiveram presentes à sessão os parlamentares Henriqueta Cardeal, Marcos Costa, Francisco de Assis Pereira de Sá (Kinho), George Lisboa Júnior,  Raimundo Valter Benício (Casagrande).


Por Assessoria

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.