Header Ads

Encontro discute promoção e investimentos em áreas às margens do Canal do Sertão

Imagem Assessoria
Durante a manhã desta quinta-feira (05), o prefeito de Delmiro Gouveia, Padre Eraldo Cordeiro, esteve recebendo junto com os secretários municipais de Planejamento e Agricultura, respectivamente, Moises Aguiar e Estevão Firmo, o secretário de Estado da Agricultura, Antônio Santiago, e prefeitos da região do Alto Sertão, para discutir e construir o plano de promoção e investimentos das áreas as margens do Canal do Sertão.

O encontro teve o objetivo de impulsionar o desenvolvimento do setor agrícola de Delmiro Gouveia e de transforma-se em iniciativa-piloto para todo o Alto Sertão alagoano, através de investimentos dirigidos ao entorno do Canal.

A discussão teve como base o modelo fundiário propício a empreendimentos agrícolas que utilizem o uso racional da água e do solo, a elevação da produtividade, além das culturas com alto poder mercadológico, agricultores familiares e a formar de atraia investidores do agronegócio.

“Discutir o uso dessa água é grande importância para todos os sertanejos, primeiro porque nem toda área as margens do canal tem condições de ser irrigada, por isso, temos que ter muito cuidado na hora de planta, pois, se não tiver uma manejo adequado iremos ter grandes problemas com salinização. Vamos sair daqui com projetos definidos e planos traçadas para que possamos agilizar e atrair investidores para o município de Delmiro Gouveia e toda região”, afirmou o secretário de Agricultura do Estado, Antônio Santiago.

A reunião também contou com a participação de representantes da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), do Instituto Federal de Alagoas (IFAL – Campus Piranhas), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Semiárido), da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF) 5ª Região, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (FAPEAL), além de representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), do Instituto de Terras de Alagoas (ITERAL), do Banco do Nordeste, Banco do Brasil, e da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas (SEDETUR).

Por Ascom PMDG

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.