Header Ads

Em Jaramataia, Iteral faz a revisão dos limites territoriais

Identificação e localização dos limites territoriais é um serviço executado pelo Iteral
Identificação e localização dos limites territoriais é um serviço executado pelo Iteral Ascom Iteral
O Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) atendeu à solicitação da gestão municipal de Jaramataia sobre a identificação e localização dos limites territoriais. O diretor presidente do Iteral, Jaime Silva, entregou oficialmente o relatório técnico sobre a revisão de limites que foi coordenado pelo técnico de agrimensura Milton Melo.

O trabalho em campo envolveu técnicos do Iteral e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com o acompanhamento de representantes das comissões dos municípios confrontantes de Batalha e Major Izidoro. O equipamento utilizado foi o receptor de informações Garmin GPSmap 76Csx, e ainda, realizou-se a projeção cartográfica conforme as coordenadas geográficas e a análise de documentos a exemplo da Lei de Criação dos municípios envolvidos.

“É extremamente importante que os prefeitos tenham a real noção sobre a dimensão territorial do seu município, para fazer os investimentos necessários com segurança e não cometerem atos de improbidade administrativa. Esse é um serviço sério do Iteral, somos constantemente procurados pelos gestores e fazemos o atendimento da melhor forma possível”, explicou Jaime Silva durante a reunião.

De acordo com o prefeito Jefferson Torres, essa demanda existia há algum tempo devido a divergência entre os municípios, inclusive, muitos anciões da região criticavam as informações apresentadas no mapa mais atual. “Eu só tenho a agradecer a esta instituição pelo brilhante trabalho efetuado e de tamanha relevância para o nosso município”, exaltou.

Após a revisão territorial, a gestão municipal pode fazer investimentos públicos com segurança (Foto: Helciane Angélica)
Já o secretário de agricultura, Aécio Ferreira, citou o caso do Povoado Autão que é limítrofe com o município de Batalha. “Nós já fazíamos um importante trabalho de valorização da agricultura no povoado, mesmo sem ter a certeza que ele pertencia ao nosso território. Recentemente, criou-se uma Associação de Mulheres, elas querem intensificar a produção de bolos, broas e doces caseiros para ampliar a geração de renda. Agora, poderemos investir mais e fazer parcerias”, citou.

Os pontos identificados como divisas foram: com o município de Batalha – uma linha reta em direção à propriedade denominada Nova Borboleta até a propriedade Mandacaru, pela estrada asfaltada até o Serrote do Oiteiro; com o município de Major Izidoro – do Serrote do Oiteiro até ao Sítio Abertos, prosseguindo até à Fazenda Barriguda.

O município encontra-se na região do agreste alagoano, faz divisa com cinco municípios de Batalha, Traipu, Girau do Ponciano, Craíbas e Major Izidoro. Conforme dados do último Censo populacional são 5.665 habitantes, porém estima-se 7.500 pessoas; e atualmente o potencial econômico concentra-se na pecuária leiteira, seguido da piscicultura e produção agrícola de milho e feijão.

Por  Blog Adalberto Gomes Notícias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.