Header Ads

Trabalho de reeducandos beneficia instituições sociais em Piranhas e Delmiro Gouveia

Doação de diversos materiais confeccionados por reeducandos da Seris durante ação no Governo Presente nesta sexta-feira (24)
Doação de diversos materiais confeccionados por reeducandos da Seris durante ação no Governo Presente nesta sexta-feira (24) Jorge Santos
Em mais um dia de ações da 8ª edição do Governo Presente, a Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) fez doação de produtos confeccionados nas oficinas profissionalizantes da Fábrica de Esperança para a Comunidade Terapêutica Quebrando as Correntes e a Pastoral da Criança nos municípios de Piranhas e Delmiro Gouveia, respectivamente.

A comunidade Quebrando as Correntes funciona há sete anos e acolhe dependentes químicos, auxiliando em seu tratamento. Atualmente, a casa conta com 15 internos em recuperação e quatro ex-usuários que receberam apoio da instituição e hoje trabalham como missionários. Na instituição são ofertados acolhimento espiritual, laborterapia, educação, qualificações profissional com oficinas de artesanato.

Já a Pastoral da Criança promove o acompanhamento das mães durante a gestação realizando exames pré-natais e, após, o nascimento acompanha a fase de crescimento com pesagem, encaminhamento para medicina especializada, dentre outras necessidades básicas.

Jessé Cordeiro, pastor e presidente da comunidade terapêutica, explica que é da venda de lanches e dos produtos confeccionados nas oficinas que são arrecadados fundos para manter a instituição e agradece o apoio da Seris através das doações.

“Creio que a ressocialização possa, a partir de agora, nos trazer um novo leque de possibilidades, pois temos missões e propósitos parecidos: impactar, positivamente essas pessoas, para que não voltem a cometer os mesmos erros”, disse.

O secretário de Ressocialização e Inclusão Social, coronel Marcos Sérgio de Freitas, destaca a importância da instituição no cuidado dos dependentes químicos e o benefício social dessa ação e da satisfação em doar produtos confeccionados nas oficinas do sistema prisional.

“Esse trabalho é muito importante para a gente, pois o que trouxemos aqui é fruto de um pequeno trabalho que eles [reeducandos] fazem no dia a dia. Vamos continuar ajudando e nos colocamos à disposição. Nasce aqui uma parceria”, afirmou.

Entre os produtos doados estavam: peças de xadrez, damas, lençóis, kits de enxovais para bebês, sabonete líquido, detergente, desinfetante, além de botijões doados pelos beneficiários do Núcleo de Acompanhamento de Alternativas Penais.

 Por Redação Blog Adalberto Gomes Notícias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.