Header Ads

Obras do Canal do Sertão avançam pelo Semiárido alagoano

Governo de Alagoas tem cumprido o compromisso de manter a continuidade da maior e mais importante obra de infraestrutura hídrica do Estado
Governo de Alagoas tem cumprido o compromisso de manter a continuidade da maior e mais importante obra de infraestrutura hídrica do Estado Ascom
Mesmo diante da turbulência econômica e política enfrentada em todo o Brasil, o Governo de Alagoas tem mantido um dos seus principais compromissos: a continuidade da maior e mais importante obra de infraestrutura hídrica do Estado, o Canal do Sertão. Com três trechos concluídos, o empreendimento já possui 63% da quarta etapa executada e disponibiliza água até o km 107, ao alcance de 160 mil sertanejos.

Por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), o governo não só tem mantido o ritmo das obras, como já deu início a um dos pontos mais importantes da construção. "Estamos concentrados na execução do Canal Trapezoidal, no assentamento dos tubos das primeiras linhas do sifão Riacho Grande e na escavação do emboque e desemboque do túnel Cacimba Cercada", detalha o superintendente estadual de Infraestrutura Hídrica, Alexandre Barros.

O gestor explica que o sifão e o túnel representam o caminho mais crítico da obra, uma vez que possuem o maior prazo de execução do Trecho 4. "O túnel terá 750 metros de extensão e o sifão, 2.810 metros, dos quais 1.100 já estão concluídos. Portanto, a execução desses elementos permitirá o avanço da obra, a garantia de conclusão da quarta etapa em 2018 e, principalmente, da sua funcionalidade para a população sertaneja", destaca o superintendente.

Após a conclusão do Trecho 4, o Canal terá 123 km de água transportada até o Sertão alagoano. Neste momento, o empreendimento opera até o km 107 e beneficia os municípios de Delmiro Gouveia, Pariconha, Água Branca, Olho d'Água do Casado, Inhapi, Senador Rui Palmeira e São José da Tapera.

Ao todo, o Canal do Sertão irá percorrer 250 km do território alagoano, para levar água a mais de um milhão de habitantes, em 42 municípios, do Sertão ao Agreste. Quando concluído, sua gestão ficará a cargo das Secretarias de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri).

Ao Canal também estarão integradas outras obras estruturantes, como a Adutora do Alto Sertão – inaugurada em junho do ano passado –, que beneficia cerca de 130 mil pessoas, por meio da distribuição de água tratada para as cidades de Água Branca, Canapi, Delmiro Gouveia, Inhapi, Mata Grande, Olho d’Água do Casado, Pariconha e Piranhas.

 Por Blog Adalberto Gomes Noticias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.