Header Ads

Em Piranhas, Seminário do Sertão Cangaço reúne historiadores de diversas regiões neste final de semana

Imagem assessoria
A Prefeitura de Piranhas, através da Secretaria de Cultura e Turismo realizará nos dias 27, 28, 29 e 30 deste mês do Seminário do Sertão Cangaço 2017.

O evento que será realizado no Centro Cultural Miguel Arcanjo irá reunir diversos historiadores da região Norte, Nordeste, Sul e Sudeste, tem como objetivo conhecer a origem do cangaço, o estilo e como que eles agiam em seus ataques que virou história e tornou-se cultura em todo o Sertão Alagoano, Baiano, Sergipano e Pernambucano, principalmente em Piranhas, onde tiveram as suas cabeças expostas, após morrerem em confronto com a volante. A cidade completou 130 anos de Emancipação Política.

Esse ano o Sertão Cangaço terá a participação do Pedrinho Motta Poppof que foi escolhido no reality Click Esperanças da Rede Globo, além do Chef Timóteo Domingos que é idealizador da Gastrotinga – Gastronômico da Caatinga.

 Programação: 

Quinta-feira, 27 – (Abertura):

Centro Histórico Miguel Arcanjo.

18h – Abertura do Seminário Sertão Cangaço pela Prefeita Maristela Sena Dias. Apresentação da Filarmônica Mestre Elísio da cidade.

18h30 – Mesa Redonda: 130 da História de Piranhas – AL.

Componentes da Mesa: Jairo Luiz Oliveira – Turismólogo, Pesquisador, membro da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço (SBEC) e atual Secretário Municipal de Cultura e Turismo de Piranhas.

Luiz Ruben Bonfim – Escritor e Pesquisador. Autor de diversos livros sobre a Estrada Ferro de Paulo Afonso (EFPA) e Cangaço, membro da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço (SBEC).

Álvaro Moreira – Mestre em História e Arqueologia, Turismólogo, ex-coordenador de ações ambientais Xingó – CHESF  e arquiteto e urbanista.

19h30min – Entrega de Comenda Alcino Alves Costa pelo Dr. Benedito Vasconcelos – Presidente da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço (SBEC). Estudos de Cangaços com Aderbal Nogueira (CE), Ângelo Osmiro (CE) e Luiz Oliveira (AL).

20h – Homenagem ao escritor e pesquisador Dr. Paulo Medeiros Gastão – Fundador da (SBEC).

20h30 – Apresentações Culturais: Grupo de Teatro da Escola Municipal Luiz Tertuliano da Paz – Distrito Piau e Grupo de Xaxado do Centro de Convivência – Piranhas.
 
Sexta-feira, 28:

7h Missa de Cangaço; 8h Missa de Cangaço na Grota de Angico; 11h Apresentação Culturais no Espaço Ecológico de Angico; 13h30 retorno para Piranhas; 14h30 chegada a Piranhas.

Local de Palestras: Centro Cultural Miguel Arcanjo

15h – Mesa Redonda: Rio São Francisco da Nascente a Foz – Perspectivas e problemas. Componentes da mesa: Prof. Ms. Maciel Oliveira – Chesf, Dra Luciana Khoury – Ministério Público Estadual da Bahia.

15h40 – Palestra – Patrimônio Arqueológico da área do Monumento Natural do São Francisco e entornos: Proteção e conservação – Arqueóloga Beijanizy Abadia – Iphan SE.

16h10 – Mesa redonda: O cangaço no imaginário popular – Componentes da Mesa: Professor Ângelo Osmiro – CE; Dr. Leandro Fernandes – PI; Documentarista Aderbal Nogueira – CE.

17h10 – Palestra: A quatro vidas do cangaceiro volta seca.
Palestrante: Escritor, Pesquisador e Youtuber Robério Santos – SE.

17h50 – Debates.

18h20 – Apresentação Cultural com Sanfoneiro Fabinho Matos – Canindé do São Francisco/SE, e do menino Pedro Mota Popoff do Cordel e do Baião – Bauru-SP.
 
Sábado, 29:
 
8h30 – Café Cangaço na Casa da Cultura de Canindé do São Francisco – SE, Rod SE/230, direção de Poço Redondo – SE. Roda de conversa com Dra. Alzira Marques e Zé Leobino contemporâneos de Lampião. Forró com Fabinho Matos.

10h – Livre para passeios – Centro Cultural Miguel Arcanjo.

14h – Palestra: Geografia do Cangaço – Palestrante Dr. Paulo Medeiros – Gastão, Escritor e Pesquisador.

14h40 – Apresentação do trabalho “Representações da Vaqueja Cancioneiro de Clemilda: de oficio rural e atrativo do turismo cultural.” – Bruno Marques – Pesquisador e Diretor de Turismo de Poço Redondo – SE.

15h – Apresentação:  “A Caantiga e a relação dos homens no espaço vivido: Nos sertões de Euclides da Cunha – Acadêmica Maria Cícera FASETE-BA.

15h20 – Apresentação do Projeto 2018 – 50 anos de combate de Angico – Comissão Organizadora e SBEC.

15h30 – Mesa Redonda: Cangaço a produção academia e a relação com a história oral, componentes da mesa: Professor Dr. Wescley Rodrigues – PB, Professor Dr. Thiago Trindade – AL, Professor Múcio Procópio – CE.

16h30 – Apresentação dos primeiros resultados do Projeto Arqueologia do Cangaço pela equipe do Museu Arqueologia de Xingó (MAX), Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Professor Dr. Paulo Brava (UFS).

17h30 – Apresentação do Projeto: “Gastrotinga – Gastronomia da Caatinga” pelo Chef Timóteo Domingos – Canindé do São Francisco – SE.

18h – Apresentação Cultural: Banda de Pífano “Seu Noé” – Piranhas/AL; e do poeta cordelista Tinho Santana – Canindé do São Francisco.

Por Ascom PMP

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.