Header Ads

Sesau reúne gestores do Agreste, Sertão e Baixo São Francisco para debater planejamento em saúde

Gestores trocaram informações sobre a elaboração do Plano Municipal de Saúde para o quadriênio 2018-2021
Gestores trocaram informações sobre a elaboração do Plano Municipal de Saúde para o quadriênio 2018-2021 (Fotos: Davi Salsa)
Técnicos e secretários de Saúde de 46 municípios alagoanos do Agreste, Sertão e Baixo São Francisco se reuniram nesta quarta-feira (21), em Arapiraca, para debater o planejamento de ações para os próximos quatro anos.

 A reunião de trabalho ocorreu no auditório do Centro de Referência Integrado de Arapiraca (Cria) e foi coordenada pelo gerente de Planejamento, Monitoramento e Avaliação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Bruno Pimentel, com apoio da assessora de Planejamento, Gildenês Villar, e do assessor de Programação e Orçamento, Paulo Guilherme.
 
 
Os gestores trocaram informações acerca da importância da elaboração do Plano Municipal de Saúde (PMS) para o quadriênio 2018-2021, como principal instrumento para direcionar as ações e os serviços públicos nos municípios que fazem parte da II Macrorregião de Saúde, em Alagoas.
 
Segundo o gerente de Planejamento, Monitoramento e Avaliação da Sesau, Bruno Pimentel, os técnicos e secretários municipais estão, em grande maioria, no primeiro ano de gestão. “O papel da Sesau é dar suporte e garantir que os Planos Municipais de Saúde estejam de acordo com a legislação vigente e, acima de tudo, focados na busca constante pela qualidade dos serviços para atender a população”, salientou.

 Tripartite
 
Ainda de acordo com Bruno Pimentel, o Plano Municipal de Saúde deve ser entregue juntamente com o Plano Plurianual (PPA), evidenciando a realidade de cada município. Ele deve ser organizado com estratégias e ações que possam melhorar a assistência aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). “Essa organização local faz parte de um conjunto globalizado, em consonância com os Planos Estadual e Nacional de Saúde”, acrescentou.

Por conta disso, acrescenta o gerente, a Sesau já definiu um cronograma, que teve início na terça-feira (20), na sede da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), em Maceió. A ação contou com a participação de técnicos e secretários de Saúde de cidades que fazem parte da I Macrorregião de Saúde.
 
“Hoje, foi a vez dos gestores da segunda macro e, a partir de agora, a Sesau estará à disposição de todos para auxiliar a superar as dificuldades que os municípios possam encontrar na elaboração do Plano Municipal de Saúde”, revelou Bruno Pimentel.

 A secretária de Saúde do município sertanejo de Maravilha, Maria Inês Brandão, enalteceu o encontro para a elaboração das estratégias e ações para os próximos quatro anos.
“Já estamos elaborando o nosso Plano Municipal de Saúde, em parceria com o PPA, e a troca de informações e conhecimentos é fundamental para levantarmos as necessidades da população e atuarmos com estratégias bem definidas para atende-la com qualidade”, completou a prefeita.

  Por Blog Adalberto Gomes Noticias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.