Header Ads

Renan Filho vai decretar situação de emergência em municípios mais afetados

Durante a tarde, Renan Filho esteve reunido, no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, com secretários estaduais, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros (CB), coronel Adriano Amaral, e o coordenador da Defesa Civil Estadual, major Moisés Melo
Durante a tarde, Renan Filho esteve reunido, no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, com secretários estaduais, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros (CB), coronel Adriano Amaral, e o coordenador da Defesa Civil Estadual, major Moisés Melo Foto: Thiago Sampaio
O governador Renan Filho anunciou, na tarde deste sábado (27), que vai decretar situação de emergência nos municípios mais afetados pelas fortes chuvas que atingem o Estado e já causaram deslizamentos de barreiras, elevação de rios e alagamentos na capital e interior.

Serão incluídas no decreto a capital Maceió e Marechal Deodoro, na região Metropolitana. Outros municípios estão sendo monitorados e, de acordo com as avaliações, podem passar a integrar o decreto, a exemplo do Pilar, no Vale do Paraíba, e de Jacuípe, na região Norte de Alagoas.

“A situação é de emergência, mas estamos preparados para fazer os enfrentamentos. Já contactei o presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley; o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, e o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, como forma de estarmos todos juntos, colaborativamente, enfrentando essa situação de emergência em virtude das fortes chuvas que se abateram sobre o Estado”, declarou o governador.

Durante a tarde, Renan Filho esteve reunido, no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, com secretários estaduais, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros (CB), coronel Adriano Amaral, e o coordenador da Defesa Civil Estadual, major Moisés Melo.

Na ocasião, o governador discutiu o panorama das chuvas no Estado e decidiu pela decretação da situação de emergência. Conjuntamente, ele também estabeleceu as medidas de socorro às vítimas, assistência e recuperação das áreas afetadas. Segundo o coronel Adriano Amaral, o CB mobilizou 70 homens na capital e outros 70 no interior.

Em Maceió, foram socorridas 37 pessoas e registrados quatro óbitos em soterramentos ocorridos em grotas da capital. Quatro vítimas permanecem desaparecidas na grota de Santo Amaro. No interior, oito pessoas foram socorridas e nenhum óbito registrado até o momento. Em Marechal Deodoro, 250 famílias estão desabrigadas e vão receber, ainda neste sábado, água mineral, cestas básicas e material de higiene e limpeza.

O ponto para entrega de donativos é a sede da Cruz Vermelha, que fica em frente ao Maceió Shopping.

 Por Blog Adalberto Gomes Noticias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.