Header Ads

Chuva em Alagoas, Temer lamenta mortes e promete ajuda

   (Crédito: Pei Fon / Secom Maceió)
(Crédito: Pei Fon / Secom Maceió)
Presidente Michel Temer desembarcou em Maceió no final da tarde deste domingo (28) e falou com a imprensa na sede do Exército Brasileiro, no bairro do Farol. Ele lamentou as mortes causadas pelas enchentes e anunciou ajuda para os municípios atingidos pelas cheias, mas não citou os valores. 

"Vão ser liberados recursos. Para isso estivemos aqui e, com o decreto de emergência já estabelecido (pelo Estado), podemos fazer isso. Os valores não temos ainda. Precisamos verificar quais os danos e o que é preciso fazer", afirmou, durante entrevista coletiva à imprensa, no quartel do Exército.  

Foto: Raul Plácido
De acordo com a Defesa Civil, quatro pessoas morreram, cinco estão desaparecidas e ao menos 2 mil ficaram desabrigadas com as chuvas que atingem o Estado de Alagoas. 

(Foto: Pei Fon / Secom Maceió)
O governador Renan Filho, em entrevista à TV Pajuçara, afirmou que solicitaria ao presidente liberação de recursos por meio de uma medida provisória, para contenção de enchentes em Alagoas.
"Viemos acompanhados de vários ministros, inclusive o da Integração Nacional (Hélder Barbalho). Já têm pessoas do Ministério aqui colaborando com Maceió e com todos os municípios atingidos (referindo-se ao alagoano Marx Beltrão, do Turismo). Vieram conosco, revelando sua solidariedade e empenho de reconstruir o que foi destruído, o presidente da Câmara dos Deputados e do Congresso Nacional", afirmou. 

"Precisamos cumprir a emergência, ou seja, recuperar os danos causados pelas chuvas e, mais adiante, fazer as coisas indispensáveis que sejam preventivas. Temos que proteger as encostas para que não haja mais deslizamentos", completou. 

Por TNH1

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.