Header Ads

Sesau confirma primeira morte de macaco por febre amarela em Alagoas

Secretário d Christian Teixeira
 A Secretaria de Estado de Saúde de Alagoas (Sesau) informou por meio de nota, emitida nesta terça-feira, 28, que apesar de não haver registro de nenhum caso de febre amarela em humanos no estado, o vírus da doença foi detectado em um macaco encontrado morto, em janeiro deste ano, pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) em uma região de mata, no bairro do Tabuleiro do Martins.

Na nota, a Sesau informa que o Secretário de Saúde do estado, Christian Teixeira irá se reunir, a partir desta quarta-feira, 29, com a equipe do Ministério da Saúde, em Brasília, para analisar as providências exigidas pelo caso. O que pode resultar no aumento do número de vacinas destinadas a Alagoas.

Segundo o protocolo do MS, a recomendação da vacina é apenas para quem irá viajar para regiões endêmicas.

Apesar do registro da morte do macaco, a Sesau afirma que não há motivo para pânico da população, pois mesmo os primatas contraindo a doença eles não a transmite para os humanos. Afirma também, que o caso está sendo monitorado e que as ações necessárias e recomendadas pelo Ministério da Saúde serão tomadas.

Por Cada Minuto

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.