Header Ads

Rodovia que liga Mata Grande a Água Branca promove integração entre municípios

Projeto de melhoramento e reconstrução encurta distância para a dinamização da economia da região
Bartolomeu mora na cidade há mais de 70 anos e olha rodovia como um sonho antigo se realizando
Bartolomeu mora na cidade há mais de 70 anos e olha rodovia como um sonho antigo se realizando Fotos: Adaíson Calheiros
Os municípios de Mata Grande e Água Branca são interligados por um comércio pujante no Alto Sertão de Alagoas. Pequenos e médios produtores deslocam-se todos os dias entre as cidades, criando um grande fluxo de trânsito para o escoamento da produção agrícola regional. Esse processo será facilitado pela implantação e a pavimentação da rodovia AL-145 que, em três meses, será retomada

A rodovia é uma demanda antiga, a obra estava paralisada desde agosto de 2014, e deveria ter sido finalizada na gestão estadual anterior. Mas, agora, os sertanejos já sonham acordados com o asfalto chegando, inclusive, moradores de cidades próximas, como Delmiro Gouveia.

Segundo os engenheiros João Arthur Silva e Júnior Antônio Cerra, cada parte do trecho está em uma fase diferente de evolução. “Em três meses de retomada, nós adiantamos muito. Toda a parte do início da rodovia perto de Mata Grande está em processo de terraplanagem, já mais para meio o processo está em sub-base e algumas partes já estão iniciando a base. A previsão de entrega é em fevereiro de 2017”,explicou o engenheiro João Arthur.

Izanete Silva de Lima, moradora há 30 anos de Mata Grande, explica como a qualidade de vida dos moradores vai evoluir com a chegada da rodovia. Segundo ela, a outra opção de trajeto para chegar até Água Branca é uma pista mais longa e perigosa, que passa por outros municípios. Izanete contou que perdeu um familiar, recentemente, em um acidente de trânsito neste caminho.

"É uma pista perigosa e a nova rodovia é essencial para nossas vidas, principalmente, porque muita gente trabalha em Água Branca. Nós usamos o banco de lá, fazemos compras e as duas cidades precisam ficar interligadas de uma forma segura. Eu acredito bastante na evolução do Estado e essa nova estrada trará muitos benefícios”, disse a moradora.

Um sonho antigo


A rodovia é uma demanda tão antiga que se confunde com as histórias dos moradores do Sertão alagoano. O senhor Bartolomeu Tavares chegou com dois anos de idade no município de Mata Grande. Ele, apesar de aposentado, trabalha limpando a cidade usando um trator. Bartolomeu mora na cidade há mais de 70 anos e olha rodovia como um sonho antigo.

Eu nasci em Pernambuco, mas me considero, depois de tantos anos, alagoano. Eu não sei mensurar quanto tempo faz que essa estrada se tornou uma necessidade. Mas faz muitos anos que precisamos dela. A rodovia foi a melhor coisa que podia ter acontecido por aqui e vai trazer muita coisa boa”, relatou Bartolomeu.

O Governo de Alagoas tem investido na melhoria da malha viária. Por meio do Pró-Estrada, municípios já podem desfrutar de serviços concluídos. É exemplo de Igaci, Penedo, Lagoa da Canoa, São Miguel dos Campos, São José da Laje, São Luiz do Quitunde, Anadia, Maribondo, Jaramataia, Maravilha e Ouro Branco.

Os melhoramentos estão avançando em outros municípios como Coité do Nóia que tem 95% das obras concluídas; Campo Grande e Olho D’Água Grande 30%; Feira Grande, 40%; Major Isidoro, 5%; Minador do Negrão, 80%; Poço das Trincheiras, 15%; Taquarana a BR-316; 50%.

Ao todo o Governo do Estado está construindo mais de 189 quilômetros de estradas em Alagoas.

 Por  Blog Adalberto Gomes Noticias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.