Header Ads

Artesãos alagoanos comercializam R$ 50 mil no primeiro dia da Feira Brasil Original

Bordado Filé foi o principal destaque, com um total de 12 mil em vendas; evento segue até o dia 23 de outubro 

O Instituto Inbordal comercializa o bordado filé no estande de Alagoas
O Instituto Inbordal comercializa o bordado filé no estande de Alagoas Divulgação Sebrae
Ele é conhecido mundialmente há anos. Está entre os preferidos dos amantes do artesanato. Carrega consigo a cara, as cores e a história de Alagoas.  Não há dúvidas que estamos falando do tradicional Bordado Filé, que atingiu a marca de R$ 12 mil em vendas já no primeiro dia da Feira de Artesanato Brasil Original, em São Paulo. Apenas no primeiro balanço, a comercialização total dos 17 artesãos alcançou a marca de R$ 50 mil em vendas e encomendas.

Para a artesã Lucineide Barbosa, do Pontal da Barra, em Maceió, o que permanece atraindo o público há tantos anos é a capacidade das artesãs de se adaptarem à novas tendências.

“Já temos um espaço consagrado entre os lojistas e clientes de vendas em varejo, mas o bordado filé não para de conquistar novos públicos. Estou sempre atenta as roupagens, cores e modelos que entram na moda e são sempre procurados pelos visitantes das feiras. Depois do primeiro dia, tenho certeza que os próximos serão de muitas vendas”, afirma a artesã.

Além de Lucineide, proprietária da marca Lunart, o Instituto Inbordal comercializa o bordado filé no estande de Alagoas. O artesanato em madeira e as peças feitas com a tipologia amor caseado também estão entre os mais procurados pelo público.

De acordo com a diretora de Design e Artesanato da Sedetur, Daniela Vasconcelos, a participação do Estado destaca-se pela procura do público e os novos negócios que são feitos durante o evento. “Além das vendas que são feitas aqui, a feira possibilita, ainda, a realização de novas parcerias e negócios entre artesãos e lojistas, proporcionando novas encomendas e resultados que vão além da duração do evento”, ressaltou Daniela Vasconcelos.

Exposição Sertões
A produção artesanal de Alagoas parece mesmo ter invadido o solo paulistano no mês de outubro. Nesta sexta-feira (21), foi inaugurada a exposição “Pinte sua Aldeia e ela será Universal- Mostra de Arte Popular Ilha do Ferro”, resultado da expedição feita no Estado- em dezembro de 2015 e janeiro de 2016 - através do Projeto Sertões, comandado pelas fotógrafas e jornalistas Zizi Carderari, Manu Oristanio e Evelyn Müller.

A mostra reúne fotografias e peças de diversos artesãos do povoado Ilha do Ferro, com o intuito de valorizar a diversidade cultural do Brasil e proporcionar o uso da arte popular como objeto de decoração contemporânea. O trabalho ficará exposto no bairro Jardim Europa, em São Paulo, até o dia 04 de novembro.

 Por Blog Adalberto Gomes Notícias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.