Header Ads

Mãe em Olho D'Água do Casado pede ajuda para o pequeno Artur Santos, que sofre de doença rara

Artur e sua mãe Rita de Cássia/ imagem Adalberto Gomes
A redação do nosso Blog esteve na casa do Pequeno Artur Santos da Silva de apenas cinco anos de idade em Olho D'Água do Casado para contar a sua história de vida.

O pequeno Artur  enfrenta uma doença rara  chamada Mielite, causada por um vírus, ela causa uma inflamação na medula, resultando em fraqueza, parestesia, formigamento e dormência dos membros, além de retenção ou urgência urinária e fecal.

De acordo com Rita de Cássia, mãe de  Artur, nos relatou que quatro meses atrás, Artur   era uma criança saudável, brincava, estudava, sorria, mas num  certo dia,  notou uma  gripe na criança, passando quatro dias gripado e com  febre,  foi levado para o hospital de Xingó em Piranhas, isso numa sexta-feira,  foi atendido e ao ser  examinado o médico suspeitou de uma inflamação na garganta. No mesmo dia, ao retornar do Hospital  para a sua casa, a criança ficou sem os movimentos das pernas,  no dia seguinte, Artur já estava com o corpo todo  paralisado sem poder andar, desesperada  Rita de Cássia, procurou ajuda no posto de saúde de Olho D'Água do Casado, a criança foi consultada e diante  das condições de saúde foi solicitado exames de urgência. 

Pequeno Artur, cinco anos/imagem Adalberto Gomes
A criança foi encaminhada para a cidade de  Paulo Afonso/BA, para realizar exames neurológicos, logo após os exames a suspeita da doença foi a Síndrome de Guillain-Barré, que é uma doença autoimune que ocorre quando o sistema imunológico do corpo ataca parte do próprio sistema nervoso por engano. Diante deste diagnóstico a criança foi encaminhada para o internamento no HGE (Hospital Geral do Estado) em Maceió, devido à gravidade da doença que já estava em período avançado. Após alguns dias, Artur foi transferido para a Santa Casa, também em Maceió, ficando cerca de um mês internado para a realização de transfusão de sangue, retirada de líquido da medula óssea, exames de ultrassonografia abdominal, fisioterapia e exames de tomografia que foi realizada no Hospital Memorial Artur Ramos, logo depois teve alta e foi liberado para voltar pra casa. 

Após 4 meses, através de exames foi diagnosticado que o problema do pequeno Artur não era Síndrome de Guillain-Barré  e sim a  Mielite, que é uma doença rara, uma inflamação na medula, que  pode resultar em fraqueza, além de  parestesia, formigamento e dormência dos membros, além de retenção ou urgência urinária e fecal, podendo ocorrer dor de origem medular, com apreciável freqüência, há diminuição ou ausência das sensações de dor, calor, frio, tátil, a partir de um nível do tronco. Essa doença não existe cura, mas pode ser acompanhada de um neurologista e de um tratamento, através de fisioterapia, dessa forma com o tempo a criança vai recuperando todos os movimentos do corpo.

Emocionada Rita de Cássia nos relatou que está correndo atrás de exames para o pequeno Artur e conta com a ajuda da fisioterapeuta Edilânia Souza, que esta fazendo as seções de fisioterapia com a criança sem cobrar nada pelo tratamento.  O pequeno Artur teve uma pequena melhora, está recuperando aos poucos os movimentos, mas ainda esta sem poder caminhar e com um lado esquerdo sem os movimentos. Ainda de acordo com Rita de Cássia, não existem remédios para o tratamento da doença  e  só através da fisioterapia  pode ajudar na reabilitação da criança.

Artur e sua Avó/imagem Adalberto Gomes
Por conta dessa doença inesperada a família de Rita de Cássia estar passando por necessidades, o pequeno Artur necessita de fraldas descartáveis diariamente, alimentação adequada, como suco natural e  não pode consumir alimentação que contenha corantes. Rita de Cássia depende de sua mãe para suprir as necessidades do seu filho, morando quatro pessoas  na residência e apenas um salário mínimo que é do seu padrasto, as condições financeiras ficaram apertadas,  que seu padrasto faz tratamento de hemodiálise e necessita  comprar remédios para o tratamento, além das despesas da casa.

Diante dessa Rita de Cássia, pede a ajuda da sociedade casadense, para aqueles que puderem  ajudar, com doações de alimentos, também o pequeno Artur necessita de uma Bicicleta Ergométrica para o tratamento com a fisioterapeuta, para que a reabilitação  seja  de  forma mais rápida.

Um número de telefone foi disponibilizado para as pessoas que puderem  ajudar, entrando em contado com Rita de Cássia pelo (82) 98867-7549.

Por Redação Blog Adalberto Gomes Notícias

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.