Header Ads

Após denúncias, IMA autua e interdita curtume em Pão de Açúcar-AL



Empreendimento funcionava sem licença ambiental as margens do rio São Francisco gerando odor na vizinhança.
Imagem IMA
Um curtume no município de Pão de Açúcar foi interditado pelos fiscais do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA-AL) na última sexta-feira (21) após denúncias de moradores que reclamavam do forte cheiro no local. A equipe apreendeu cerca de 200 peças de couro em produção e realizou autos de infração somados em mais de R$ 14 mil.

Uma operação integrando a Gerência de Fauna, Flora e Unidades de Conservação (Gefuc), Gerência de Monitoramento e Fiscalização (Gemfi) e o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) foi montada para averiguar uma denúncia recebida pelo IMA de alguns moradores de Pão de Açúcar que estavam incomodados com o mau cheiro na vizinhança.

A equipe verificou um curtume as margens do rio São Francisco, na área urbana da cidade, que funcionava sem a licença ambiental, realizando atividades potencialmente poluidoras. Os ficais autuaram o proprietário em R$ 11.395 mil, além de interditarem o estabelecimento.

No local também foram encontrados cerca de 9 m³ de casca de madeira nativa de caatinga, gerando outra multa no valor de R$ 2.700 mil. A madeira era utilizada no processo de tintura do couro e não possuía autorização do órgão ambiental competente para utilização de produtos de origem florestal em fins comerciais.

Os técnicos ainda apreenderam 200 peças de couro em produção, designando o proprietário como fiel depositário dos produtos. A parceria entre as gerências continua durante esta semana com o atendimento de outras denúncias.

Por Ascom IMA

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.