Header Ads

Governo lança nesta segunda (20) programa Força-Tarefa para reforçar policiamento em Alagoas

 Foto: Maxwell Oliveira
O governador Renan Filho lança nesta segunda-feira (20) o programa Força-Tarefa, que tem o intuito de colocar mais policiais nas ruas e aumentar o número de operações no combate à violência em Maceió e, posteriormente, também em outros municípios. O evento ocorre às 9h, no calçadão da Rua Senador Mendonça, próximo ao antigo Bar do Chopp, no Centro.

Essa é a primeira fase da Força-Tarefa, mas o programa se estenderá também ao interior com reforço em Arapiraca e nos locais onde exista o Centro Integrado da Segurança Pública (Cisp). No momento, as cidades de Boca da Mata, Girau do Ponciano, Murici, São José da Laje, São José da Tapera foram contempladas e, em breve, Cajueiro e Ouro Branco também receberão o Cisp.

Com o programa, a Segurança Pública contará com mais 30 viaturas e 120 policiais para fortalecer as ações.

A iniciativa do governador Renan Filho foi aprovada e recebida positivamente entre os policiais, já que tem como intenção proteger o agente da Segurança Pública remunerando-o com escalas, em dias de folga, evitando o trabalho extra expediente, e, consequentemente, distanciando-o da vulnerabilidade.

“O programa Força-Tarefa é um esforço concentrado do Estado para ampliar a presença da polícia nas ruas e levar mais segurança à população”, diz o governador.

O secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Lima Junior, avalia o projeto como um grande suporte e intermediou junto ao Governo a celeridade no processo.

“É um momento que podemos considerar de vitória. Esse projeto vai beneficiar o policial com o aumento da sua renda, sem que fique exposto e corra riscos se submetendo a fazer bico em estabelecimentos comerciais. Ele contribuirá em dose dupla para a manutenção da ordem, no combate à criminalidade e, ao mesmo tempo, estará mais protegido. Ganha a polícia, ganha a sociedade e ganha o policial”, afirma Lima Junior.

 Por Blog Adalberto Gomes Notícias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.