Header Ads

Artesanato feito por reeducandas de Alagoas é exposto no Mato Grosso do Sul

Artesanato produzido na Fábrica da Esperança também foi levado à 18ª edição da Fenearte, em Recife
Artesanato produzido na Fábrica da Esperança também foi levado à 18ª edição da Fenearte, em Recife Jorge Santos
Entre os dias 27 e 30 deste mês acontece o 18º Festival de Inverno de Bonito (FIB), no Mato Grosso do Sul. A Fábrica de Esperança, da Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), participa expondo mais de 100 peças no stand do Governo do Estado. Este ano, Alagoas foi o Estado convidado por possuir um artesanato representativo culturalmente: o filé alagoano.

Confeccionadas nas oficinas de artesanato do sistema prisional, as peças expostas pelas reeducandas agregam beleza e valor social, já que contribuem no processo de reinserção social das apenadas. Atualmente, existem diversas oficinas profissionalizantes na Fábrica de Esperança, como crochê, tenerife, decoupagem, pintura em tecido e tornearia em madeira, marcenaria artesanal e filé.

Jercilene Batista, coordenadora das Oficinas de Artesanato, está na exposição e explica que a ação traz visibilidade ao trabalho desenvolvido no sistema prisional. “Estar numa exposição dessa magnitude é de grande relevância para a Fábrica de Esperança, pois divulga o compromisso da Seris com a ressocialização. É importante divulgar esse trabalho, pois mostra à sociedade a importância da ressocialização dentro das unidades prisionais”, disse.

No dia 16 deste mês, no Centro de Convenções de Pernambuco, foi encerrada a 18ª edição da Fenearte, a maior feira de artesanato da América Latina. Os produtos confeccionados pelas reeducandas e artesãos da Fábrica de Esperança também ganharam destaque no stand de Alagoas. A feira reuniu aproximadamente cinco mil expositores de 34 países e oito etnias indígenas.

Durante os 11 dias de evento, foram vendidas 287 peças, totalizando uma arrecadação de mais de quatro mil reais. Esse dinheiro é destinado ao fundo penitenciário e utilizado na compra dos materiais utilizados nas oficinas da Fábrica de Esperança.

 Por Blog Adalberto Gomes Noticias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.