Header Ads



Estudantes e movimentos sociais bloqueiam BR 423 em Delmiro Gouveia, em protesto contra PEC 241


Imagem Guia Mais
Estudantes do campus da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) se juntaram ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e aos Índios, para juntos fazerem um protesto contra a PEC 241 agora PEC 55 – Proposta de Emenda à Constituição, que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos. E os manifestantes protestam também contra a reforma da Previdência, a criminalização dos movimentos sociais em defesa do movimento dos estudantes secundaristas, contra a reforma do ensino médio e contra a portaria 1097/2016, que anula outra portaria, a 475, de 16 de março de 2011, que investia à Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) atos de gestão orçamentária e financeira.
 
Os manifestantes interditaram a BR – 423, quilômetro 100, com pneus queimados, galhos de árvores, pedras e mais empecilhos que atrapalha a passagem e já é notável a enorme fila que se forma.  
“A luta é todo dia. A luta unificou, estudantes com trabalhador! ” Esse é um dos gritos de guerra que estão sendo manifestos, pela revolta e insatisfação com a gestão do governo presente. “Um governo que não foi eleito nas Urnas, Ilegítimo e que nesse momento está atacando os direitos dos trabalhadores do campo e da cidade, dos indígenas e povos da floresta”. Professor Claudemir – Professor na Instituição Federal de Alagoas (IFAL)  

Por Guia Mais

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.