Header Ads

IMA/AL, Ibama e BPA iniciam fiscalização integrada do São Francisco em Alagoas

Arara Canindé resgatada na operação
Arara Canindé resgatada na operação Foto: Ascom/IMA
Na segunda-feira (20), foi iniciada uma ação de fiscalização integrada do São Francisco. A operação, que acontece até 1º de dezembro, conta com a ação conjunta do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Batalhão da Polícia Ambiental (BPA) e Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL).  Atuação abrangerá a região do Agreste e Alto Sertão, priorizando municípios, também, da Bacia do São Francisco.

Os primeiros dias da fiscalização foram nos municípios de Arapiraca e Penedo. Três equipes foram formadas para atender às denúncias que chegaram aos órgãos envolvidos na operação.

No município de Arapiraca, a equipe de fauna, composta pelo Ibama, IMA e BPA apreenderam 41 animais, sendo a maioria aves. As espécies resgatadas foram: galos de campina, papa-capim, caboclinho, garibaldo, craúna, sabiá laranjeira, coleirinha, periquito da caatinga, canário da terra, veludo e bigode, e, ainda, araras Canindé e diversos jabutis.

Com isso, foram lavrados sete termos de apreensão, sete autos de infração no valor de R$25.000,00 (vinte e cinco mil reais), além de sete termos circunstância de ocorrência, pelo crime de guardar e ter em cativeiro animais silvestres sem licença ou autorização dos órgãos ambientais.

Todos os animais foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), localizado no Ibama, em Maceió, e serão acompanhados por médicos veterinários e biólogos que irão avaliar as condições de saúde dos animais, para uma possível reintrodução ao habitat natural.

Flora

A equipe de flora fiscalizou cinco polígonos de desmatamento. Foram identificados 9,99 hectares de destruição de vegetação nativa em área de preservação permanente, às margens do rio São Francisco.

Foi constatado, ainda, o desmatamento de uma área de 87,22 hectares de vegetação do bioma caatinga em autorização do órgão ambiental competente. As áreas degradadas foram embargadas e os infratores foram autuados, resultando na indicação de multa no valor de R$138.000,00 (cento e trinta e oito mil reais).

Equipe aquática

Além das equipes de fauna e flora, que possuem integrantes do IMA/AL, a operação de fiscalização integrada do São Francisco conta, ainda, com uma equipe aquática, composta somente por técnicos do Ibama e BPA.

 Por Redação Blog Adalberto Gomes Notícias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.