Header Ads

Governo de Alagoas distribui 225,6 mil alevinos durante o mês de setembro

Programa de Distribuição de Alevinos executado pelo Governo do Estado significa garantia de alimento, emprego e alternativa de renda para famílias de trabalhadores rurais alagoanos
Programa de Distribuição de Alevinos executado pelo Governo do Estado significa garantia de alimento, emprego e alternativa de renda para famílias de trabalhadores rurais alagoanos Ascom
Dados divulgados pela Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura revelam que durante o mês de setembro o Governo de Alagoas fez a distribuição de 225.600 alevinos de tilápia, oriundos das estações de piscicultura de Rio Largo e Xingó. A ação beneficia diretamente 268 famílias de agricultores/aquicultores.

O Programa de Distribuição de Alevinos executado pelo Governo do Estado significa garantia de alimento, emprego e alternativa de renda para famílias de trabalhadores rurais alagoanos.

Como informa Manoel Sampaio, da Superintendência de Desenvolvimento da Aquicultura, o Programa de Distribuição de Alevinos possui 17 módulos de tanques-rede distribuídos por todas as regiões do Estado, atendendo a 20 famílias cada um.

“Esses tanques-rede são geridos por associações comunitárias, cuja direção foi capacitada para administrar seu funcionamento e para manejar o pescado. De forma sistemática, esses módulos são abastecidos com alevinos pela Superintendência de Aquicultura da Seagri”, afirma Sampaio.

O secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura de Alagoas, Álvaro Vasconcelos, destaca que, além da produção e distribuição de alevinos às famílias da agricultura familiar, os núcleos de produção servem como centros de conhecimentos. 


“A meta do Governo de Alagoas é superar os 2 milhões de alevinos distribuídos anualmente às famílias", ressaltou Vasconcelos.

Pelo relatório, na ação de distribuição do Programa de Distribuição de Alevinos foram entregues 81.000 alevinos de tilápia, atendendo aos módulos de piscicultura em tanques redes, beneficiando diretamente 48 famílias alagoanas.

Também foram doados 144.600 de tilápia para povoamento de açudes, tanques escavados e barragens comunitárias e particulares, atendendo a 220 famílias de produtores rurais alagoanos e aquicultores.

Após a doação dos alevinos, como explica Manoel Sampaio, a tilápia passa por etapas de engorda, despesca, comercialização e consumo. 

“A ação feita pelo Governo de Alagoas representa geração de renda e emprego para famílias dos pequenos produtores alagoanos", completou Sampaio.

Atualmente, a comercialização do pescado é realizada em feiras livres, Feira do Peixe Vivo, em Maceió, no comércio local dos municípios que têm instalados os módulos, e ainda, nas próprias comunidades, onde os consumidores se dirigem até os produtores.

“O propósito da gestão da Seagri, cumprindo determinação do governador Renan Filho, é fortalecer o desenvolvimento do segmento, sobretudo, para gerar emprego e renda”, assegura o secretário Álvaro Vasconcelos. Segundo ele, o objetivo da política adotada pelo Governo de Alagoas é atender o maior número de famílias que sobrevivem do pescado em Alagoas.

Entre os municípios que são contemplados com a distribuição de alevinos, estão Atalaia, Boca da Mata, Joaquim Gomes, Novo Lino, Messias, Branquinha, Jacuípe, Piranhas, Delmiro Gouveia, Teotônio Vilela, Rio Largo, Maceió, Feira Grande, Limoeiro de Anadia, Coruripe, Penedo, entre outros.

 Por Blog Adalberto Gomes Notícias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.