Header Ads

Em Delmiro Gouveia, Fiscais do IMA identificam diversas irregularidades

Irregularidades vão desde a extração irregular de areia e de madeira nativa para usos diversos, posse de animal silvestre em cativeiro sem licença ambiental, despejo de resíduos poluentes em rio e solo, entre outras
Irregularidades vão desde a extração irregular de areia e de madeira nativa para usos diversos, posse de animal silvestre em cativeiro sem licença ambiental, despejo de resíduos poluentes em rio e solo, entre outras (Fotos: Ascom/IMA)
A equipe de fiscalização do Instituto do Meio Ambiente Alagoas (IMA/AL) realizou um plantão no fim de semana (4 e 5), no município de Delmiro Gouveia. A ação contou com o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O intuito foi coibir infrações ambientais cometidas na região.

Em um curtume, a equipe de fiscalizaçaõ identificou diversas irregularidades O estabelecimento recebeu autuação por não possuir licença de operação, pela destinação ilegal dos restos de raspagem do couro, por lançar afluentes não tratados direto no solo e em um riacho e, ainda, por adquirir madeira nativa sem autorização. Foram 21 sacos de casca de angico, tipo de madeira usada no tingimento do couro. As multas ultrapassaram os R$ 60 mil, e o curtume foi embargado.

 No mesmo município, uma pizzaria recebeu uma autuação no valor de R$ 690,00 por adquirir madeira nativa da região da caatinga, popularmente conhecida como Jurema, para queima no estabelecimento. Foi um total de 2,3 m³ de madeira encontrada no local.

Também foi apreendido um papagaio verdadeiro, que era mantido em cativeiro sem autorização legal. A ave foi encaminhada para o Cetas/IMA/Ibama. O responsável pelo crime recebeu autuação no valor de R$ 500,00.

As equipes de fiscalização também identificaram uma propriedade onde era feita extração de areia, armazenamento de maquinário industrial e descarte ilegal de tonéis e embalagens de produtos oleosos e combustíveis. O responsável pelo local não estava no momento da ação, mas será notificado e autuado nos próximos dias.

Em outras duas propriedades, três fornos de carvão foram demolidos. Os responsáveis também não estavam no momento da operação. A Prefeitura de Delmiro Gouveia se comprometeu em enviar a documentação necessária para que a autuação seja realizada. 


 Por Blog Adalberto Gomes Notícias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.