Header Ads

Governador Renan Filho diz que regionalização do abate vai incrementar venda de carnes em Alagoas

Foto: Ascom/Seagri

O governador Renan Filho lembrou, nesta segunda-feira (6), que a desoneração da cadeia produtiva da carne, ocorrida em outubro de 2016, foi o primeiro passo para acabar com o abate clandestino em Alagoas. Matadouros regionais serão construídos para organizar este segmento.

Os municípios de Murici e Viçosa serão os primeiros beneficiados. Os abatedouros serão erguidos com o apoio das prefeituras, para incrementar a cadeia produtiva animal em Alagoas.

“Nossa meta é acabar com o abate clandestino, que desrespeita as normas sanitárias. Com a regionalização dos matadouros, vamos acabar com isso. Nos próximos dias vamos concluir o de Murici, como também o de Viçosa”, comentou Renan Filho.

Para fazer uma distribuição mais equilibrada, o governador ainda pretende construir outro matadouro na região Norte e mais um no Sertão. A ideia é garantir o abate legalizado, com as condições sanitárias necessárias ao avanço do setor, assegurando, sobretudo, de acordo com Renan Filho, a comercialização do produto de forma que todos saiam ganhando.

“Estamos trabalhando para que Alagoas avance na produção de carne, seja ela de boi, frango, carneiro ou porco. Todas essas áreas precisam ser incentivadas”, concluiu o governador.

Alagoas já isentou os produtores de carne, frango e pescados do pagamento de ICMS para incentivar o incremento das cadeias correspondentes, aumentando a competitividade com os produtos que vêm de fora, gerando postos de trabalho no Estado.

 Foto: Ascom/Seagri

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.