Header Ads

Secretaria municipal de saúde de Delmiro Gouveia recomenda exame para identificar e tratar os casos de sífilis

Imagem ilustrativa
Alagoas contabilizou, no primeiro semestre deste ano, mais de dois mil casos de sífilis. Preocupantes, os números inserem o estado no contexto nacional de epidemia da doença. No mesmo período de 2017, por exemplo, foram 864 adultos diagnosticados com a patologia, enquanto que, no ano seguinte, este número saltou para 1.492.

Devido ao grande número de pessoas infectadas no Brasil, a sífilis já é considerada uma epidemia.

A Sífilis é uma doença sexualmente transmissível e deste modo o uso do preservativo é sempre recomendado.

A SMS/DG atenta ainda para a importância de se fazer o pré-natal porque, se uma mãe com sífilis não é tratada, o feto pode não se desenvolver e a gestação pode não ir até o final, além de a criança poder nascer com problemas ósseos e cardíacos.

A Sífilis é uma doença curável e fácil de ser tratada. Porém, por ser assintomática, nem sempre as pessoas buscam fazer os seus exames. Se tratada à tempo, ela é totalmente curável. Já se não for tratada adequadamente, a doença pode evoluir para problemas cardíacos e causar até demência.

A Secretaria Municipal de Saúde de Delmiro Gouveia oferece os testes rápidos nas unidades básicas de saúde para as gestantes e seus companheiros, já para a população em geral, os testes são realizados no CTA, localizado próximo à UPA de Delmiro Gouveia. Caso o teste seja positivo, o paciente já recebe os medicamentos necessário para o tratamento com início imediato.

Por Ascom PMDG

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.