Header Ads

Washington Luiz é absolvido da acusação de favorecimento a Cristiano Matheus

O desembargador afastado Washington Luiz e o ex-prefeito de Marechal Cristiano Matheus - Foto: Divulgação
Em sua 270ª sessão ordinária, realizada nesta terca-feira, 24, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) deliberou pela absolvição do desembargador afastado Washington Luiz Damasceno Freitas no processo administrativo disciplinar (PAD) em que era investigado por suposto favorecimento ao ex-prefeito Cristiano Matheus.

O relator do PAD, o conselheiro Arnaldo Hossepian, votou pela absolvição do ex-presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) assinalando que, no transcurso das investigações, iniciadas em 2016, não foram confirmadas as denúncias feitas contra o magistrado. Os demais conselheiros seguiram seu voto.

Afastado de suas funções jurisdicionais quando exercia a presidência da Corte, Washington Luiz havia sido acusado de blindar o ex-genro. Matheus foi casado com Mellina Freitas, filha do desembargador e secretária estadual de Cultura.

De acordo com Hossepian, a tramitação dos processos contra Cristiano Matheus na esfera judicial estadual se deu de forma normal, sem qualquer indício de interferência por parte do desembargador afastado.

O Ministério Público Federal (MPF) também opinou pela absolvição de Washington Luiz no caso, de acordo com o relator do PAD.

Por Jornal Extra de Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.