Header Ads

Em seis meses, número cirurgias no Hospital de Delmiro Gouveia duplica

Hospital realiza cirurgias em diversas especialidades, a exemplo de vasectomia, vesícula, histerectomía, hernia, fimose, hemorroida e cesariana
Hospital realiza cirurgias em diversas especialidades, a exemplo de vasectomia, vesícula, histerectomía, hernia, fimose, hemorroida e cesariana Foto: Carla Cleto
Dados do relatório de cirurgias realizadas pelo Hospital e Maternidade Antenor Serpa, no município de Delmiro Gouveia, apontam que o número de procedimentos cirúrgicos duplicou em apenas seis meses. Para se ter ideia, enquanto foram realizadas 90 cirurgias de janeiro a junho do ano passado, de julho a dezembro de 2017 o número saltou para 210.

Para obter este êxito, a nova gerência da unidade aumentou a equipe médica e, com isso, as cirurgias eletivas passaram a ser realizadas em três dias, uma vez que, anteriormente, ocorriam em dois. Com isso, segundo o gerente da unidade, Ygo Costa, o volume de procedimentos aumentou, bem como, a rotatividade dos leitos.

“É uma honra e motivo de realização constatar que, neste primeiro ano sob nossa gestão, o Hospital de Delmiro Gouveia conseguiu alcançar resultados que nunca havia obtido antes”, destacou Ygo Costa.

De acordo com gerente da unidade, o hospital realiza cirurgias em diversas especialidades, a exemplo de vasectomia, vesícula, histerectomía, hernia, fimose, hemorroida e cesariana. Com isso são atendidos os moradores que integram a 10a Região de Saúde, formada pelos municípios de Água Branca, Inhapi, Mata Grande, Olho D’Água do Casado, Pariconha e Piranhas.

“O alto conceito de uma unidade hospitalar não é definido pela sua estrutura física e, sim, pela qualidade de atendimento prestado pelo seu quadro de servidores. Esses, sim, são a ‘alma’ de um hospital. O que pretendemos para o futuro do Hospital e Maternidade Hospital Antenor Serpa é o que estamos vendo aqui, hoje, com o serviço qualificado e, sobretudo, humanizado”, ressaltou Ygo Costa.

 Por Blog Adalberto Gomes Notícias com Agência  Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.