Header Ads



Projeto Renascendo recupera 25 nascentes no Alto Sertão de AL e PE, com patrocínio da Petrobras

Cícero Soares, Pankararu, “estamos vendo que já melhorou a qualidade da água”. Foto: Kaedla Menezes
O Projeto Renascendo atinge uma de suas metas com a recuperação de mais duas nascentes, alcançando o objetivo de 25 nascentes recuperadas, em atividades de campo com participação da comunidade local e equipe técnica do projeto, durante os dias 22 e 23 de outubro. As atividades acontecem na propriedade de Seu Vital, no Brejo dos Padres, e de Dona Vera, na comunidade Tapera, ambas localizadas no Território Indígena Pankararu, em Tacaratu/PE.

Para recuperar as nascentes é utilizada a técnica de solo-cimento, mas o processo de recuperação também prevê a implantação de cercas para proteção das áreas, ligações das caixas d’água, cloração e o reflorestamento das matas ciliares no entorno das nascentes. “Durante esse tempo de execução do projeto foi aumentando a aceitação da população com o processo de recuperação, no início quando a gente falava, o pessoal desconfiava, agora quando chegamos nas comunidades as pessoas elogiam e dizem que a qualidade da água melhorou bastante e que já estão bebendo dessa água”, afirma Pablo Vieira Tomás, coordenador técnico do Projeto Renascendo.

As nascentes tem uma vazão  média de 300 litros por hora, o que daria uma produção diária de 180 metros cúbicos por dia, que seriam suficientes para atender as necessidades de 1500 pessoas, aproximadamente. Dessa forma o projeto fortalece a segurança hidroambiental, em municípios da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, marcados pela degradação ambiental e longos períodos de estiagem.

O Projeto Renascendo

Além das ações de proteção e recuperação de nascentes, o projeto já capacitou 198 multiplicadores e 40 multiplicadoras “cuidadoras da vida”, em atividades de educação ambiental.

O Projeto Renascendo é realizado pelo Instituto Palmas, com o patrocínio da Petrobras. Tem o apoio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (SEMARH), da Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (SESAU) e do Colegiado Territorial do Alto Sertão de Alagoas, além da parceria com as prefeituras municipais de Água Branca, Mata Grande, Canapi, Inhapi, Pariconha e Tacaratu/PE.

Por Assessoria

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.