Header Ads



Alfredo Gaspar agradece moção honrosa em discurso no pleno do TJ/AL

Alfredo Gaspar de Mendonça/Imagem Assessoria

Alfredo Gaspar de Mendonça realizou, nesta terça-feira (10), um discurso de despedida a corte do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL). Ele relembrou os ensinamentos e companheirismo ao longo dos últimos três anos enquanto esteve à frente do  inistério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL). Na ocasião, agradeceu  a moção honrosa conduzida pelo desembargador José Carlos Malta Marques, concedida pela lealdade, competência e excelente trabalho exercido na instituição.

O ex-procurador-geral de Justiça do Estado destacou  o orgulho e honra de ter compartilhado ensinamentos ao longo do período à frente do MPE/AL, reafirmando que continua como cidadão alagoano, torcendo muito para que a instituição e seus pares integrantes continuem a trajetória que orgulha os alagoanos.

“Queria agradecer a vossas excelências, dizendo que  continuo como sempre admirando a corte, mas, agora, já não mais na carreira da instituição. Aqui fui tão bem tratado, alvo de tantos ensinamentos e tanto apoio, que não poderia deixar de vir aqui fazer esse registro”, disse, agradecendo ainda a moção que recebeu  do TJ/AL.

“Isso muito me envaidece, evidentemente, porque sei  das minhas limitações, mas que deixo aqui, nesta casa, o registro de que fui um bom companheiro de jornada”, ressaltou Gaspar.

O desembargador Otávio Praxedes registrou o orgulho,  enquanto integrante do Poder Judiciário, de compartilhar a convivência no Tribunal de Justiça com o ex-PGJ e também enquanto defendeu a Segurança Pública de Alagoas.

“Reconheço o trabalho importante que vossa excelência conduziu no Ministério Público, comandando a instituição, sempre atuando de uma forma muito respeitosa com os integrantes do Poder Judiciário. Sempre teve uma interlocução brilhante, também na Segurança Pública de Alagoas”, expôs o desembargador.

Por Assessoria

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.