Header Ads

Governador de Alagoas, anuncia rateio de recursos do Fundeb para 12 mil professores e monitores


Renan Filho recepcionou os alunos da Escola Maria das Graças em seu segundo dia de aula
Renan Filho recepcionou os alunos da Escola Maria das Graças em seu segundo dia de aula Márcio Ferreira
O governador Renan Filho anunciou, nesta terça-feira (5), durante visita à Escola Maria das Graças Sá Teixeira, no bairro do Feitosa, em Maceió, que o rateio de recursos do Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) deverá beneficiar cerca de 12 mil professores e monitores alagoanos. Segundo o governador, serão divididos mais de R$ 31 milhões entre professores efetivos e monitores que prestam serviços para a Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

“Estamos aguardando a Assembleia Legislativa aprovar o projeto de lei do rateio do Fundeb para a gente pagar esse 14º salário dos professores, e teremos também um bônus para aquelas escolas que cumpriram as metas estabelecidas pelo Ministério da Educação. Todos os professores serão beneficiados pelo rateio. Ontem [segunda-feira, 4], pelas redes sociais, eu falei seis mil porque esse é o número de professores efetivos, mas os monitores também vão receber proporcionalmente ao período em que prestaram serviço. Aquelas escolas que bateram as metas pactuadas pelo Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] também vão receber um bônus pelo cumprimento, que eu chamei de 15º salário. Na primeira sessão deliberativa da Assembleia, isso deve ser aprovado”, explicou Renan Filho.

Ao lado do vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, Renan Filho recepcionou os alunos da Escola Maria das Graças em seu segundo dia de aula e anunciou o lançamento da versão 2019 do programa Escola 10, que acontece no dia 18 de fevereiro. “O Escola 10 de 2019 vai executar uma série de ações para fortalecer a aprendizagem, a preparação dos alunos, visando um bom resultado no Ideb deste ano. Para isso, também já providenciamos material didático. Conseguimos o conteúdo e rodamos os livros na Imprensa Oficial Graciliano Ramos. Isso garante preço mais barato, material mais conectado com as novas tendências, e garante que esses livros vão chegar à escola, porque o interesse é fortalecer a aprendizagem do aluno”, observou Renan Filho.
“O material vai ser mais uma ferramenta para que os professores, os coordenadores, os diretores das escolas possam incrementar ainda mais o ensino e, quando sair o resultado do Ideb lá em 2020, Alagoas de novo seja destaque nacional”, afirmou o governador.

Segundo o secretário Luciano Barbosa, os livros serão entregues na mesma data do lançamento do Escola 10, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro de Jaraguá: “Será uma grande reunião com articuladores de ensino, diretores de escolas, professores, prefeitos e secretários de Educação, para darmos um pontapé inicial para a prova do Ideb, que será feita em outubro. Estamos confeccionando 550 mil livros para todos os alunos, que serão distribuídos no dia 18 para todo o ensino médio da rede estadual”.

“Pela primeira vez, estamos fazendo também um caderno de alfabetização para despertar o aluno para a leitura, e estamos apoiando os municípios, entregando uma bolsa para os articuladores de ensino, que são professores efetivos das redes municipais que trabalham a qualidade da educação naquela cidade. Nossa meta é colocar o Estado de Alagoas entre os dez no Ideb do Brasil. Hoje estamos em 16º e antes éramos os últimos colocados”, complementou o secretário.

Durante a visita, Luciano Barbosa também confirmou a retomada da construção do ginásio de esportes da Escola Maria das Graças, obra iniciada anos atrás e interrompida devido à falência da empresa contratada. “É um compromisso assumido pelo governo com essa escola. Estamos tratando de uma indenização por parte da empresa que abandonou a obra para que possamos fazer uma nova licitação e terminar esse ginásio, que é só o que está faltando nessa unidade para termos o padrão condizente com o que pretendemos para a educação pública no Estado”, garantiu.

Tempo integral e calendário

De acordo com o governador Renan Filho, o Estado também mantém a programação para abertura de novas escolas em tempo integral. Atualmente, 53 unidades já contam com essa modalidade. “Vamos ampliar o número de escolas em tempo integral em 2019, 2020, 2021... Nos próximos dias, vamos sentar com o secretário Luciano para fazer esse planejamento porque a gente precisa levar a escola em tempo integral, até o final deste governo, para aproximadamente 50% das escolas de Alagoas. Esse é o desafio. O ensino em tempo integral está tomando conta das escolas. O aluno prefere, os pais preferem e nós vamos estruturar esse planejamento para que a gente avance até 2022”, disse Renan Filho.

A importância da adaptação do calendário de aulas das escolas públicas do Estado com o calendário das escolas particulares também foi apontada pelo governador Renan Filho. “Em Alagoas, o ano letivo chegava a começar quase em abril e não terminava em dezembro. Agora, o ano letivo está começando nas escolas públicas estaduais no mesmo período das escolas particulares, porque dá tempo de todo mundo estudar, o aluno tem o ano dentro da normalidade, os professores também garantem o seu calendário ajustado, e este ano com algumas novidades no Estado, como o reforço em Matemática e Português, que tiveram a carga horária ampliada para fortalecer o aprendizado. Isso é fundamental porque garante ao aluno mais condições de uma melhor formação. Essa é uma mudança de postura muito importante”, avaliou.

“É um novo momento que vive a educação em Alagoas, com escolas novas, com os alunos percebendo as melhorias, com a construção de ginásios de esporte, com o salário e todos os compromissos do Estado em dia. Esse é o caminho que a educação precisa seguir e é por isso que a gente teve um bom desempenho do Ideb feito em 2017 e cujo resultado foi divulgado no ano passado. A gente espera no Ideb deste ano um resultado ainda melhor que o anterior”, afirmou o governador.

Por Blog Adalberto Gomes Notícias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.