Header Ads

Em Alagoas, menino com doença crônica realiza sonho de conhecer o Bope

Isaías conheceu toda a estrutura da Unidade e ainda arriscou uma flexão ao lado do pai e de um integrante do Batalhão
Isaías conheceu toda a estrutura da Unidade e ainda arriscou uma flexão ao lado do pai e de um integrante do Batalhão

Na manhã da  última quarta-feira (12), o pequeno Isaías Alves de seis anos de idade realizou seu grande sonho de conhecer o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). A visita a Unidade Operacional foi agendada com a coordenação do projeto social "Pró Medula Alagoas".

A voluntária do projeto que visa salvar vidas, Aline Ludmila, e o pai de Isaías, Jânio Alves, acompanharam o menino nessa experiência que ficará para sempre na memória de Isaías.

“Ele tinha o sonho de conhecer o BOPE e conseguiu realizar! Não podemos economizar ações quando o assunto for ajudar ao próximo. Agradeço a equipe do batalhão que nos recebeu de braços abertos. Isaías ficou radiante de felicidade!”, declarou Aline.
 
Isaías há um ano faz tratamento contra o câncer. Ele conheceu toda a estrutura da Unidade, os locais de instruções dos policiais militares, prestou continência e ainda arriscou uma flexão ao lado do pai e de um integrante do Batalhão. 


O garoto também teve a oportunidade de conhecer a Unidade do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, que fica ao lado do Bope. Foi o sargento BM, Adriano da Silva, que intermediou a ação social das corporações e, assim, puderam ajudar o menino a alcançar seu grande desejo.

Sobre o Pró Medula Alagoas

O projeto, coordenado por Sheyla Oliveira, tem como objetivo, conscientizar a população alagoana sobre a importância de se tornarem doadores de medula óssea.

É possível se cadastrar como doador voluntário de medula óssea nos hemocentros localizados em todos os estados Brasil.

Em Alagoas, o projeto viabiliza esse cadastramento de doadores voluntários. Para mais informações, ligue (82) 98809-5847, falar com Sheyla Oliveira.

Por  Blog Adalberto Gomes Noticias com Agência Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.