Header Ads

Confira o que é preciso fazer antes de ir às urnas no próximo domingo

(Foto: Agência Brasil)
A uma semana das eleições gerais do Brasil, os eleitores precisam se preparar para o dia de ir às urnas. Pesquisar com antecedência a zona e a seção de votação, saber quais documentos levar e ainda anotar os números dos candidatos desejados são medidas necessárias nos próximos dias. Cerca de 6,3 milhões de cearenses devem votar para eleger presidente, governador, dois senadores e deputados federal e estadual neste primeiro turno. As eleições acontecem neste domingo, dia 7 de outubro.

Confira o que o eleitor deve fazer para se preparar para o dia da votação: 

1) Saber se a situação eleitoral está regular

Para votar, o eleitor deve ter tirado título de eleitor e regularizado a situação perante a Justiça Eleitoral até 9 de maio deste ano. Quem não votou por três eleições seguidas sem justificar ou pagar multa, teve título cancelado e não poderá votar. Cidadãos que moram em uma cidade onde o cadastro da biometria é obrigatório também tiveram até a mesma data para realizar o registro.O voto é obrigatório para pessoas com idades entre 18 e 70 anos. Para jovens de 16 a 18 anos, maiores de 70 e analfabetos, é facultativo. Para checar a situação eleitoral, o cidadão pode acessar o site do TRE.

2) Anotar o número dos candidatos

Nestas eleições, os cidadãos devem escolher seis representantes para cinco cargos diferentes. Pesquisar o número correspondente a cada um antes da votação é importante para que o eleitor não se confunda ou esqueça de quem quer eleger. É permitido levar uma “cola” para a urna, com os números escritos em um papel. Para facilitar a busca pelos concorrentes, o Tribunal Superior Eleitoral disponibiliza a lista organizada por região, estado e cargo a ser votado. O portal ainda mostra a situação eleitoral do candidato, quanto ele gastou com campanha, lista de bens declarados, entre outros dados.

3) Pesquisar o local de votação

Para consultar, o eleitor pode baixar o aplicativo e-Título ou acessar o site do TRE. Pelo app, após preencher os dados pessoais de acordo com as informações do cadastro eleitoral, é possível acessar a zona, a seção e a situação eleitoral em tempo real. Pelo site, o eleitor deve informar nome completo, data de nascimento e nome da mãe. O sistema irá informar o número de inscrição e o endereço do domicílio eleitoral.

4) Separar os documentos necessários

Título de eleitor e documento com foto são necessários para a votação. Lançado em 2017, o aplicativo e-Título pode ser utilizado como uma versão digital do documento eleitoral. Para quem fez a biometria, o cadastro no app serve também como documento com foto. Quem não realizou o registro biométrico deve levar um documento com foto - que pode ser a carteira de identidade, o passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação.

Por Agência Brasil

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.