Header Ads

Justiça adia para 12 de julho audiência com ex-prefeita de Piranhas

Imagem google
A Justiça Federal adiou para o dia 12 de Julho a audiência de instrução, inicialmente marcada para esta terça-feira, 20, que tem como ré a ex-prefeita do município de Piranhas e atual secretária do Estado da Cultura, Melina Freitas.

Melina é acusada é acusada de Improbidade administrativa, durante sua gestão como prefeita de Piranhas. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a ex-gestora não prestou contas do convênio 0138/2008, com valor de R$ 150 mil, assinado com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), que tinha como objetivo construir unidades habitacionais para prevenção da Doença de Chagas.

O convênio teve vigência de 09/07/2009 a 21/09/2012 e previu a transferência do valor via Funasa, com contrapartida de R$ 17.651,01 da Prefeitura de Piranhas, totalizando R$ 167.651,01.

A defesa da ex-prefeita alega ter apresentado a prestação de contas e nega ter agido por má fé, apesar da acusação do MPF afirmar o contrário.

Caso seja condenada, Melina Freitas terá de devolver o valor aos cofres públicos, será exonerada do cargo de secretaria, perderá os direitos políticos por até oito anos.

Por Cada Minuto

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.