Header Ads


Em Piranhas, 300 títulos são entregues pelo programa Moradia Legal

 Morador de Piranhas recebe título de propriedade das mãos dos desembargadores Tutmés Airan e Washington Luiz.
O Moradia Legal, programa de regularização fundiária do Poder Judiciário de Alagoas, atingiu a marca de 39 mil títulos de propriedade entregues a famílias de baixa renda no estado. Nesta sexta-feira (5), foram regularizados mais de 300 imóveis em Piranhas, sertão alagoano.

“O papel que a gente entrega é mais do que um papel, é algo que realiza sonhos”, disse o presidente do Tribunal de Justiça, Tutmés Airan.

A ação é feita em parceria com a Associação dos Notários e Registradores (Anoreg/AL) e Prefeituras. Neste ano, já foram entregues títulos de propriedade em Girau do Ponciano, Marechal Deodoro, Belém e Craíbas.

O Moradia Legal, que está na sua quarta edição, beneficiou mais de 200 mil pessoas, segundo o juiz Carlos Cavalcanti, coordenador do programa. “As vantagens são inúmeras. Além da segurança jurídica, o proprietário passa a ter acesso ao crédito para reforma ou ampliação do imóvel. A casa também aumenta o seu valor nominal”, destacou.

Uma das contempladas em Piranhas foi a costureira Mariana da Silva Nascimento. “Me sinto muito feliz porque agora posso dizer que a casa é minha”.

O desembargador Washington Luiz Damasceno Freitas participou da entrega dos títulos. Na avaliação dele, o Moradia Legal tem um importante alcance social, porque beneficia pessoas de baixa renda. “A população piranhense está muito satisfeita e eu, como filho dessa terra, também. É o Poder Judiciário mais uma vez marcando presença com esse programa que é um sucesso no âmbito de Alagoas”.

Os próximos títulos devem ser entregues em Murici, Teotônio Vilela, Igaci e São Sebastião.

Por Ascom TJ/AL

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.