Header Ads

Major Izidoro: Defensoria e Prefeitura firmam acordo para continuidade do concurso público

Imagem Adrianu Santos/Agenda Aalgoas
As provas do concurso de Major Izidoro serão realizadas no proximo dia 03 de fevereiro de 2019. A data foi definida durante reunião entre a Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Major Izidoro e  o Instituto de Administração e Tecnologia ( ADM&TEC ), ocorrida nessa semana,  que resultou em um acordo no processo que gerou a suspensão do certame.   

O Concurso de Major Izidoro foi suspenso pela justiça no último dia 07 de dezembro, após a Defensoria Pública demonstrar, em ação civil pública,  que houve desrespeito ao edital. 

No acordo,  que foi conduzido pelo defensor público Carlos Eduardo de Paula Monteiro, o municipio informou que divulgará novamente os cartões de inscrição e que as provas de nível fundamental e médio serão realizadas  pela manhã, já as provas de nível  superior, à tarde. 

Para evitar deslocamentos onerosos, os candidatos que estiverem inscritos para os dois cargos devem ser alocados no mesmo local de prova. 

Caso não haja espaço suficiente para comportar todos os candidatos ao concurso, estes serão alocados para os municípios circunvizinhos de Batalha, Cacimbinhas e  Santana do Ipanema.

O município se comprometeu, ainda, a restabelecer o dinheiro da inscrição, caso o candidato deseje desistir em virtude das mudanças estabelecidas pelo acordo.

O acordo estabeleceu, ainda, multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento por parte do município. Izidoro: Defensoria e Prefeitura firmam acordo para continuidade do concurso público.

As provas do concurso de Major Izidoro serão realizadas no proximo dia 03 de fevereiro de 2019. A data foi definida durante reunião entre a Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Major Izidoro e  o Instituto de Administração e Tecnologia ( ADM&TEC ), ocorrida nessa semana,  que resultou em um acordo no processo que gerou a suspensão do certame.   

O Concurso de Major Izidoro foi suspenso pela justiça no último dia 07 de dezembro, após a Defensoria Pública demonstrar, em ação civil pública,  que houve desrespeito ao edital. 

No acordo,  que foi conduzido pelo defensor público Carlos Eduardo de Paula Monteiro, o municipio informou que divulgará novamente os cartões de inscrição e que as provas de nível fundamental e médio serão realizadas  pela manhã, já as provas de nível  superior, à tarde.

Para evitar deslocamentos onerosos, os candidatos que estiverem inscritos para os dois cargos devem ser alocados no mesmo local de prova.

Caso não haja espaço suficiente para comportar todos os candidatos ao concurso, estes serão alocados para os municípios circunvizinhos de Batalha, Cacimbinhas e  Santana do Ipanema.

O município se comprometeu, ainda, a restabelecer o dinheiro da inscrição, caso o candidato deseje desistir em virtude das mudanças estabelecidas pelo acordo.
                     
O acordo estabeleceu, ainda, multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento por parte do município.

Por Ascom Defensoria Pública de Alagoas

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.