Header Ads

Cantor Zé de Almeida recebe título de cidadão em Tacaratu, Pernambuco

            Artista santanense vai ser reconhecido numa terra na qual já é bastante conhecido.

Poeta santanense será homenageado em Pernambuco (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net)
O cantor, compositor e repentista popular santanense José de Almeida Silva, o conhecido “Zé de Almeida” será agraciado com o título de cidadão honorário na cidade de Tacaratu, região do Alto Sertão de Pernambuco. A entrega da honraria será feita nesta quarta-feira (28), na Câmara de Vereadores da cidade.

A indicativa para homenagem partiu de um dos edis daquela Casa, que também é amigo do artista sertanejo, o vereador José Nelson. Ele justifica o pedido falando da importância que Zé de Almeida tem para aquele município.

“Ao longo de vários anos ele tem divulgado o nome de Tacaratu por onde ele vai. Creio que são mais de 30 ou 40 musicas que falam da nossa cidade e de Caraibeiras [distrito do município]. Essa é uma forma de retribuirmos o que ele fez com sua arte”, relatou o vereador pernambucano.

José Nelson também enfatizou como o cantor santanense é querido no local. “O Zé de Almeida já está tão familiarizado em Tacaratu, que até as crianças já conhecem ele, só faltava a gente adotar. Também é importante dizer que isso é um ato de cultura, pois um povo que não tem cultura, não tem raiz, e consequentemente, não tem história pra contar”, finalizou o autor do tributo.

A reportagem conversou com o homenageado e perguntou a origem dessa ligação com a cidade de Pernambuco. O cantor fala de sua parceria com outros artistas, tais como Paulo Nunes, Manoel Laurindo, mas principalmente o cantor Vavá Machado [cantor de origem pernambucana, mas que morava em Alagoas, até sua morte em 2012]. “A primeira vez que fui pra lá [em Tacaratu] foi mais Vavá, desde então todos os anos compareço”, falou Zé de Almeida.

Com o convite e uma cópia do decreto que o tornou cidadão tacaratuense, o poeta santanense, assim como em suas músicas improvisadas, nos pega de surpresa ao confessar que ainda não sabe como vai se vestir para o evento. “Olha, será que eu vou ter que usar um paletó pra receber isso?”, questiona à reportagem. Restou a nós respondermos o óbvio: “sugiro que você vá representando aquilo que fez você ganhar essa homenagem, ou seja, como homem simples e cheio de talento”.

Por Algoas na Net

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.