Header Ads


Em Piranhas, Canoa de Tolda sofre ato de vandalismo

Imagem cortesia leitor do Blog
Um dos  patrimônios históricos e culturais do município de Piranhas, sertão de Alagoas,  a Canoa de Tolda, foi alvo de vandalismo na madrugada deste domingo, 29.  A embarcação estava às margens do Rio São Francisco, e segundo informações,  vândalos  teriam  destruído parte da estrutura  da  embarcação.

O ato de vandalismo vai ser investigado pela 32ª Delegacia de Polícia Civil sediada no município de Piranhas.

A Canoa de Tolda foi restaurada  no ano de 2006 e entregue ao município  de Piranhas.  Apesar de ter sido restaurada em 2006, no ano de 2017, a embarcação estava com problemas estruturais e ficou parcialmente naufragada nas águas do Rio São francisco. Na época os moradores tentaram retirar a embarcação das águas, porém não conseguiram.

Em sua estrutura, a Canoa de Tolda tem duas velas, duas tábuas de bolina e um leme, que são os responsáveis pela locomoção da embarcação no Rio São Francisco. Por não possui motor, a Canoa de Tolda  é movimentada  pela força dos dos ventos sobre às águas do Rio São Francisco.

A Canoa de Tolda foi introduzida no Rio São Francisco pelos holandeses no século XVII e ao passar dos anos se tornou o principal meio de transporte de cargas no Baixo São Francisco. A Canoa de Tolda representa toda uma história de desenvolvimento da região que compreende o baixo São Francisco entre os Estados de Alagoas e Sergipe. 

Atualmente existem três Canoas de Tolda em todo o mundo. As três ficam no Brasil, sendo uma no município de Piranhas e que recebeu o nome da cidade. Outra no município de Brejo Novo, no estado de Sergipe, com o nome de Luzitânia, e a  terceira pertence ao acervo do Museu do Mar, que fica no estado de  Santa Catarina.



Por Redação Blog Adalberto Gomes Notícias

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.