Header Ads



Após traição, mulher corta pênis do marido e o leva em copo para amante na Paraíba

Foto: Reprodução/Google StreetView
Após uma suposta traição do marido, uma mulher de 42 anos o matou durante uma discussão na casa em que viviam, em Areial, na Paraíba, arrancou seu pênis e o levou em um copo até a casa da amante, numa rua próxima. O crime aconteceu na noite de quinta-feira (15) e, ao voltar para casa, a esposa ingeriu veneno e tentou se matar, mas foi resgatada à tempo e permanece internada no Hospital de Trauma de Campina Grande. O pênis foi recolhido pela perícia no terreno da casa da suposta amante.

Vizinhos contaram ao portal "IG" que a vítima do crime costumava se relacionar com uma vizinha e, na noite em que morreu, teria discutido com a esposa a respeito da traição. O corpo do homem de 31 anos foi encontrado em frente à casa da família, nele havia lesões provocadas por ácido muriático, supostamente despejado sobre ele pela esposa.

A Polícia Civil trabalha com a suspeita de que o crime possa ter sido premeditado. Ao portal de notícias, Kelsen Vasconcelos, delegado responsável pelo caso, afirmou que a esposa contou a uma vizinha que mantinha amolada uma faca em casa após descobrir a traição.


Há ainda uma carta escrita pela suspeita e direcionada ao filho dela, de 18 anos, determinando com quem ele e seus dois irmãos, um de 13 e um 11 meses, estes frutos do relacionamento do casal, deveriam morar depois que ela matasse o pai e se matasse.

Os dois filhos menores presenciaram o crime e o adolescente de 13 anos relatou à polícia ter visto o pai tentar esfaquear a mãe que, para se defender, atirou ácido muriático nele, tomou a faca e o golpeou até a morte. 

Por Jornal O Tempo

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.