Header Ads



Operação prende duas pessoas e apreende armas em Mata Grande

Armas e munições apreendidas durante a operação
Uma operação policial realizada nesta terça-feira (9) para  cumprir mandados de prisão contra envolvidas com a plantação de maconha na zona rural de Mata Grande prendeu duas pessoas em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, mas os procurados pela Justiça não foram encontrados.

Os presos foram identificados como: Gentil Gomes de Souza e Francisco Alves da Silva.

Os mandados seriam cumpridos, segundo a polícia, contra Valdemar Gomes de Souza, conhecido como “Galego Gentil”, José Pedro Alves da Silva, o “Dudé”, Severino Brandão de Oliveira, o “Chiquinho”, e um homem conhecido como “Collor”.

Na ação policial, foram encontradas na casa de “Galego Gentil” uma espingarda calibre 12 e outra artesanal.

O delegado regional de Delmiro Gouveia, que coordenou os trabalhos, explicou que “como ele não foi encontrado, prendemos o pai dele e conduzimos para a o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Mata Grande”, onde foi autuado por posse ilegal de arma de fogo.

Os policiais também foram à casa de “Dudé”, mas ele não estava. No local, foram apreendidas mais espingardas e munições, sendo preso em flagrante o irmão dele, Francisco Alves da Silva, por posse ilegal de arma de fogo.

Todo o material apreendido e os presos foram levados para o CISP de Mata Grande.

Participaram da operação, os delegados Rodrigo Rocha, Cícero Lima (gerente de Polícia Judiciária da Região 4 – GPJ4, e Thomaz Acioly (Mata Grande), o tenente-coronel Anaximandro Tenório, o chefe de operações Jaeudson Ferreira e sua equipe, além de militares da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes-Caatinga).

Por Ascom PC/AL

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.