Header Ads

CSA goleia Juventude, garante vice e volta à Série A após 31 anos

Imagem TNH1
O CSA conquistou o acesso à elite do futebol brasileiro durante a tarde deste sábado. Jogando em um esvaziado Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, o time alagoano se impôs dentro de campo e venceu o já rebaixado Juventude por 4 a 0, com gols de Jhon Cley e Neto Berola (3), em duelo válido pela 38ª e última rodada da Série B.

Com o resultado, o Azulão terminou a competição no segundo lugar, com 62 pontos, atrás somente do campeão Fortaleza, com 71. Já o Juventude encerra sua participação no torneio de forma melancólica, na 19ª e penúltima colocação, com meros 35 pontos, e disputará a Série C no ano que vem.

O vice-campeonato garantiu ao CSA, portanto, o retorno à Série A do Campeonato Brasileiro após 31 anos. Além disso, coroou uma arrancada histórica, que contou com o vice da Série D, em 2016, e o título da Série C, em 2017, transformando o clube de Maceió no primeiro a ter três acessos consecutivos em divisão nacional.

O Jogo – Empurrado por um bom número de torcedores, sendo um deles a jogadora Marta, o CSA começou disposto a não dar chances ao Juventude e não demorou a sair na frente. Aos 19 minutos, após cobrança de escanteio pela esquerda, Jhon Cley desviou na primeira trave e abriu o placar no Alfredo Jaconi.

Mesmo com a vantagem, o CSA não se retraiu e continuou em cima. Pouco depois do gol, Celsinho chutou forte da entrada da área e exigiu boa defesa do goleiro Douglas Silva.

O Juventude, praticamente inofensivo no primeiro tempo, respondeu aos 37 minutos, quando Leandro Lima arriscou de fora da área, tirando tinta da trave direita da meta alagoana.
O time da casa voltou mais ofensivo para a etapa complementar, com o atacante Douglas Kemmer no lugar do lateral direito Vidal. Apesar da postura mais agressivas, os gaúchos tinham dificuldade em furar as linhas defensivas do CSA, que passou a apostar nos contra-ataques.

E, em um deles, os visitantes ampliaram a vantagem. Aos 18 minutos, Neto Berola, que entrou na vaga de Walter, recebeu na intermediária, foi desarmado parcialmente por Tony, mas contou com o vacilo da zaga para sair na cara do gol e tocar com estilo na saída de Douglas.

Em tarde inspirada, o substituto de Walter ainda faria o terceiro do CSA. Aos 22 minutos, após corte errado da zaga gaúcha, Neto Berola soltou a bomba de primeira, de fora da área, sem chances para Douglas. Aos 38, o atacante deu números finais à partida, após arrancar no campo de defesa, deixar quatro marcadores para trás e tocar com categoria na saída do arqueiro do Juventude.

FICHA TÉCNICA
JUVENTUDE-RS 0 X 4 CSA-AL

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Data: 24 de novembro (sábado)
Horário: 17h00 (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Cartão Amarelo: Esquerdinha, Amaral, Wágner e Vinicius (Juventude); Walter (CSA)
Cartão Vermelho: –
Gols: 

CSA: Jhon Cley, aos 19 minutos do 1º tempo, e Neto Berola, aos 18, aos 22, e aos 38 minutos do 2º tempo

Juventude: Douglas Silva; Vidal (Douglas Kemmer), Vinicius (Guilherme Queiroz), Wagner e Esquerdinha; Amaral, Tony, Felipe Mattioni, Leandro Lima (Gabriel Valentini) e Denner; Hugo Sanches
Técnico: Luiz Carlos Winck

CSA: Lucas Frigeri; Celsinho, Elivelton, Matheus Lopes e Rafinha; Pio, Didira e Dawhan; Hugo Cabral (Rony), Walter (Neto Berola) e Jhon Cley (Juan)

Técnico: Marcelo Cabo

Por Gazeta Esportiva

Nenhum comentário

Adalberto Gomes Noticias . Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.